Congresso SciComPt 2021

Congresso SciComPt 2021 "Desinformação e incerteza na comunicação da ciência em debate entre 23 e 25 de junho"

Falta apenas uma semana para a 9.ª edição do Congresso Anual de Comunicação de Ciência SciComPt, que este ano tem como tema “Velhos desafios, novas ameaças: comunicar a incerteza e combater a desinformação”.

Com um programa que inclui duas sessões plenárias, duas sessões de debate, 78 comunicações orais, 10 debates/oficinas, 49 demonstrações e vários momentos de networking, o evento, a decorrer entre 23 e 25 de junho de 2021, é aguardado com uma expectativa acrescida, já que promete ser o reflexo de uma comunidade que, apesar de todas as limitações vividas no último ano, mantém-se viva e dinâmica.


Ao longo de três dias, cerca de 200 profissionais de comunicação – investigadores e praticantes – e outros interessados pela área vão apresentar e refletir sobre as melhores estratégias para combater a desinformação e as dificuldades enfrentadas na comunicação da incerteza – temas que não são novos para os profissionais de comunicação, mas que assumiram uma importância incontornável no último ano no contexto da pandemia de Covid-19.


O congresso será totalmente online, explorando as potencialidades oferecidas por esse formato. Através de um programa diversificado e que pode ser consultado em http://scicom.pt/index.php/scicompt-2021/, vai ser possível potenciar o ‘tradicional’ contacto direto e informal entre participantes, dar o devido destaque aos momentos de apresentação pública dos oradores e, ao mesmo tempo, alargar a participação aos países de língua portuguesa, aos portugueses espalhados pelo mundo e àqueles que, estando em Portugal, têm dificuldade em se deslocar para uma iniciativa de dois ou três dias.


O programa desta edição prevê duas sessões plenárias: uma sobre a relação ciência e sociedade, com Sarah R. Davies, autora de vários estudos sobre a relação ciência-sociedade; e outra sobre a aliança #CoronaVirusFacts e o papel da ciência e fact-checking na luta contra a desinformação, com Cristina Tardáguila, fundadora da Agência Lupa, a primeira agência de notícias especializada em fact-checking do Brasil.


As duas sessões de debate programadas vão focar-se na comunicação da incerteza no jornalismo e nas redes sociais como ferramenta de comunicação não institucional, com vários especialistas nestas temáticas.


Haverá, ainda, espaço para apresentações de trabalhos sobre a relação entre os cientistas e o público, a ciência e a educação – formal e não-formal –, o envolvimento do público na ciência, ciência cidadã, educar e comunicar durante a pandemia, os media, desinformação e literacia, incerteza, inclusão, ciência para o desenvolvimento, comunicação de ciência nas organizações, comunicação de saúde, arte e ciência e a profissionalização da comunicação de ciência.


O programa fica completo com cerca de meia centena de demonstrações de livros, podcasts, visitas guiadas virtuais e de posters, uma dezena de debates/oficinas e vários momentos de partilha entre participantes e de Networking, onde os participantes poderão interagir num formato de “Speed-Dating”.


Vera Novais, Presidente da Rede SciComPt, salienta: "Recebemos propostas muito interessantes e de grande qualidade e conseguimos montar um programa muito diversificado". "Vamos ter participantes de, pelo menos, sete nacionalidades e de diversas áreas científicas e da comunicação de ciência e esperamos conseguir recriar online o ambiente de partilha, entreajuda e parceria que caracterizam estes congressos", acrescenta.
A plataforma "abre as portas" aos participantes a partir das 12h00 do dia 23 de junho.

SciComPt é uma associação que nasceu em 2014 com o objetivo de promover a comunicação de ciência em todas as suas vertentes, o intercâmbio entre profissionais de comunicação de ciência e a participação informada dos cidadãos em todas as questões que envolvam a Ciência e a Tecnologia. Com membros nas ilhas e de norte a sul do país, e incluindo comunicadores vindos dos gabinetes de comunicação, museus de ciência, jornalismo, etc., a SciComPt é representativa de uma comunidade heterogénea, multidisciplinar e dinâmica. O expoente máximo desta missão é a realização do seu congresso anual, que se realiza desde 2013. Ao longo dos anos, a SciComPt tem procurado estender o congresso a participantes internacionais, como comunicadores e jornalistas de ciência espanhóis, e, este ano, também a colegas no Brasil e em outros países de língua portuguesa. Informação sobre os congressos anteriores disponível aqui.
###
Acreditação de jornalistas:
A comissão organizadora facilitará o acesso de jornalistas ao Congresso, mediante apresentação de carteira profissional (jornalistas nacionais), declaração de orientador (jornalistas estagiários) ou declaração da entidade patronal (jornalistas provenientes dos PALOP ou do Brasil).
Os jornalistas interessados devem manifestar o seu interesse em participar até 22 de junho, indicando nome completo e órgão de comunicação social e enviando a documentação exigida para o email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. com o seguinte título: SciComPt 2021 + ACREDITAÇÃO JORNALISTA.

Mais informações:
Vera Novais, Presidente da Rede SciComPt,
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., Telm: 911786221
Website: http://scicom.pt/index.php/scicompt-2021/ (Programa)

Ocean Action - See you soon in Lisbon

Ocean Action - See you soon in Lisbon

Embora a Conferência das Nacões Unidas sobre os Oceanos das Nações Unidas, organizada pelos governos de Portugal e do Quénia, tenha sido adiada devido à pandemia do COVID-19, o Ministério do Mar para reafirmar o seu compromisso para os objetivos de desenvolvimento sustentável e da Conferência dos Oceanos, organizou on line, na semana passada, uma iniciativa para evocar a Conferência e o papel dos oceanos tendo por base os diálogos interativos previstos no programa da Conferência. Maria João Bebianno, Diretora do CIMA, e membro do Grupo de Peritos das Nações Unidas para a Avaliação do Estado do Oceano interveio no âmbito do Dialogo 2 “Addressing Marine Pollution”

https://www.facebook.com/watch/?v=3094467490614655

Governação e Sustentabilidade do Mar, desafios presentes e prementes

A Coordenadora do CIMA, Professora Doutora Maria João Bebianno participou na conferência de apresentação do Mestrado em Governação e Sustentabilidade do Mar, a iniciar no ano letivo de 2019/2020,

A saúde dos oceanos, um mar livre de plásticos

A saúde dos oceanos, um mar livre de plásticos

Diálogo jovem Celebra a Semana Verde Europeia

O Europe Direct Algarve e a sua estrutura de acolhimento, CCDR Algarve, organizam, no próximo dia 4 de junho, pelas 10h30, um Diálogo jovem, sob o tema: A saúde dos oceanos, um mar livre de plásticos, inserido na celebração da Semana Verde Europeia, com o programa que se anexa. O evento tem o apoio do IPDJ Algarve, DGESTE-DSRAL, APA-ARH , CCVAlgarve, CIMA da Universidade do Algarve, SCIAENA, Chimera Visuals, Associação Bandeira Azul e Rede Escola Azul.

Para mais informações clique aqui.

Programa

Workshop online envolvendo especialistas e profissionais a nível mundial

O Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA) da Universidade do Algarve,

plastic litter and microplastics in the sea

1st Intermunicipal Congress of the Association Terras do Infante

The 1st Intermunicipal Congress of the Association Terras do Infante, fully dedicated to the sea,

Visita Virtual da AEICBAS ao CIMA

Visita Virtual da AEICBAS ao CIMA

No dia 29 de maio a Associação de Estudantes do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (AEICBAS), da Universidade do Porto, organizou uma visita virtual ao CIMA. Esta visita estava agendada para ser presencial, mas em virtude do atual estado da pandemia foi realizada por videoconferência.
A visita contou com 16 participantes da Licenciatura em Ciências do Meio Aquático, Mestrado em Ciências do Mar-Recursos Marinhos, Mestrado em Medicina Veterinária e Licenciatura em Biologia.
O programa da visita virtual incluiu a apresentação institucional do CIMA, a realização de três palestras por investigadores do CIMA, Juan L. Garzon, Brígida Rodrigues e Tainá Fonseca, e uma “happy hour”, onde se realizou um fórum de perguntas e respostas e trocas de experiências entre os intervenientes.

EVORA WORKSHOP PROGRESSES DISCUSSIONS ON THE DEVELOPMENT OF REMP FOR THE NORTHERN MID-ATLANTIC RIDGE

Evora workshop progresses discussions on the development of REMP for the Northern Mid-Atlantic Ridge

A investigadora do CIMA Nélia Mestre participou na reunião de trabalho organizada pela International Seabed Authority (ISA),

Jornada comemorativa do Dia Nacional do Mar 2018, 16 de novembro

A Sociedade de Geografia de Lisboa (SGL), o Gabinete do Almirante Chefe do Estado-Maior da Armada e Autoridade Marítima Nacional, o Comité Português para a Comissão Oceanográfica Intergovernamental

Década das Nações Unidas das Ciências do Oceano para o Desenvolvimento Sustentável

Década das Nações Unidas das Ciências do Oceano para o Desenvolvimento Sustentável

Participação de Maria João Bebianno no Webinar sobre a Década das Nações Unidas das Ciências do Oceano para o Desenvolvimento Sustentável, em direto no facebook da Revista I Like This

https://www.facebook.com/revistailikethis

Technology for Maritime Surveillance and Emergency Management”

Conferência Internacional "Technology for Maritime Surveillance and Emergency Management”

Universidade do Algarve acolhe especialistas internacionais em Vigilância Marítima e Resposta à Emergências

Realizou-se nos dias 12 e 13 de novembro, na Universidade do Algarve, a Conferencia International "Technology for Maritime Surveillance and Emergency Management”.

Durante um dia e meio foram debatidos temas de grande atualidade e pertinência relativos ao setor, tais como: o Crescimento Azul e a Região do Algarve, a Indústria 4.0 para a Vigilância Marítima, Oportunidades de Financiamento para a Vigilância Marítima e Tecnologias Oceânicas, o plano de contingência português “Plano Mar Limpo”, o Modelo de Gestão de Emergências ICS, entre muitos outros.

O leque de oradores contou com especialistas e entidades de importância nacional, tais como a Direção Geral Política do Mar e a Autoridade Marítima Nacional, e de renome internacional, como a European Maritime Safety Agency, a Autoridade Portuária de Piraeus, a FEPORTS (Fundação Portuária de Valência) entre outros. Contou ainda com a participação de empresas de referência no setor, a nível internacional que apresentaram tecnologias de ponta, utilizadas para a vigilância marítima, prevenção e resposta a emergências.

A relevância das comunicações e a importância dos oradores atraiu participantes de Portugal, Espanha e também de outros países do espaço MED (Chipre, França, Grécia, Itália e Malta), num total de cerca de 70 pessoas.

Os participantes puderam ainda disfrutar de um programa social aprazível que incluiu um jantar com iguarias regionais e mediterrânicas no restaurante Tertúlia Algarvia e um Cocktail com live music, no bar Columbos, em Faro.

A conferência internacional foi uma organização conjunta entre o CRIA e o CIMA, no âmbito dos projetos PROteuS (Promoting Security and Safety by Creating a MED Cluster on Maritime Surveillance) e CIU3A (University Innovation Centre Andaluzia, Alentejo and Algarve), co-financiados respetivamente pelos programas INTERREG Mediterranean e INTERREG POCTEP Espanha-Portugal.

Ocean Science for a Sustainable Blue Economy

On the occasion of the official visit of the Kings of Belgium to Portugal, FCT (Portugal), AIR Center and VLIZ (Flanders Marine Institute, Belgium) organized a seminar under the theme "Ocean Science for a Sustainable Blue Economy" on October 24, at the University of Porto.

The participation of CIMA, represented by the Researcher João Janeiro, was very relevant, taking into account the context and the themes discussed.

 

Nações Unidas inicia os trabalhos para a realização do 3ºRelatório do Estado do Oceano, incluindo os Aspetos Socio Económicos

Nações Unidas inicia os trabalhos para a realização do 3ºRelatório do Estado do Oceano, incluindo os Aspetos Socio Económicos

Iniciou-se no dia 11 de maio nas Nações Unidas, um novo ciclo que tem por objetivo a elaboração do 3º Relatório Integrado do Estado do Oceano, incluindo os aspetos sócio económicos. Este relatório que irá ser elaborado por um Grupo de 25 Peritos, irá cobrir o período 2021-2025 que corresponde a metade do período estabelecido pelas Nações Unidas para a Década da Ciência do Oceano para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030). Transitaram do Grupo de Peritos da segunda avaliação apenas quatro membros, continuando a Professora Maria João Bebianno, Diretora do Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA), a ser o representante de Portugal.


Durante este período, o Grupo de Peritos terá de preparar novas avaliações e identificar os temas mais importantes para serem tratados, organizar dez workshops nas diferentes áreas geográficas do oceano e um Simpósio dedicado à capacitação, tendo por objetivo a co-produção de conhecimento através de parcerias com múltiplas partes interessadas, a tradução de dados em informações e conhecimentos relevantes para as políticas do oceano, o envolvimento da comunidade científica e dos utilizadores do oceano nos processos de gestão, a ligação entre a interface ciência-política e sociedade, o papel da ciência cidadã bem como a integração entre conhecimento local e ciência. Será dada particular atenção aos arranjos institucionais e ao quadro jurídico que permita assegurar a integração da ciência e da política na governação do oceano.

Seminário Internacional Technology for Maritime Surveillance and Emergency Management

Seminário Internacional Technology for Maritime Surveillance and Emergency Management

Nos dias 12 e 13 de Novembro de 2019, no Campus da Penha, Algarve, PORTUGAL, a Universidade do Algarve organizou o Seminário Internacional Technology for Maritime Surveillance and Emergency Management.

Neste seminário foram discutidos os avanços na utilização de tecnologias marítimas no apoio à vigilância marítima, bem como na prevenção e resposta a emergências, como por exemplo derrames de hidrocarbonetos no mar.

Este seminário foi organizado no âmbito dos projetos PROteuS (Promoting Security and Safety by Creating a MED Cluster on Maritime Surveillance) e CIU3A (University Innovation Centre Andaluzia, Alentejo and Algarve), no âmbito dos programas INTERREG Mediterranean e INTERREG POCTEP Espanha-Portugal, trazendo ao Algarve oradores internacionais de topo, para partilhar as suas experiências, projetos e negócios.

Sustainable Development of the Ocean: A Necessity

Last year, an International Conference took place at the University of Algarve to pay tribute to the late Professor Mário Ruivo, a renowned biologist, oceanographer, humanist, democrat and a well-known advocate for the ocean.

The debate that took place at the conference resulted in an e-book entitled “Sustainable Development of the Ocean: A Necessity”, soon hereby attached.

With this book, we hope to continue to stir the much needed debate concerning the sustainable development of the ocean and, in this manner, to honour the memory of Professor Mário Ruivo.

 

 

 

2º Relatório Integrado do Oceano | Nações Unidas (WOA II)

Foi lançado hoje pelas Nações Unidas, com um prefácio do Secretário Geral das Nações Unidas Engenheiro António Guterres, o 2º Relatório Integrado do Oceano.

UN Live United Nations Web TV - Launch of the Second World Ocean Assessment (WOA II)

Publicado pelas Nações Unidas, este relatório integra dois volumes, com cerca de 500 páginas cada, dividido em seis partes fundamentais para o conhecimento e serviços do oceano das quais se destacam o estado do oceano incluindo as alterações físico-químicas que têm vindo a ocorrer, as alterações na biodiversidade das principais grupos taxonómicos, a relação entre a humanidade e o oceano. Uma parte importante inclui as tendências de como as pressões que têm ocorrido no clima e na atmosfera tem afetado o oceano incluindo ainda o impacto do aumento da concentração de nutrientes e de outros poluentes com origem terrestre, atmosférica, a partir de navios e instalações offshore, e os detritos sólidos, incluindo plásticos bem como ruido que têm contribuido para a continuação da degradação do estado do oceano já identificada no relatório anterior. Outos aspetos como a alteração da erosão, sedimentação e infraestruturas marinhas e costeiras, alterações na aquacultura e na produção de algas. Desenvolvimento de energias renováveis, impacto de espécies invasoras, exploração e utilização de recursos genéticos marinhos, hidratos de metano (um assunto potencialmente emergente) e os efeitos cumulativos de todas estas atividades. Na parte da gestão destaca-se o desenvolvimento do planeamento do espaço marítimo, de ferramentas de gestão e o conhecimento dos benefícios do oceano para os seres humanos.

O relatório está disponível para ser consultado em Launch of WOA II | Regular Process
Este documento é o resultado do trabalho do Grupo de Peritos do Processo Regular das Nações Unidas mandatado para elaborar, no período 2016-2020, um Relatório integrado da Avaliação do Estado do Ambiente Marinho, incluindo os Aspetos Sócio Económicos e é responsável pelo seu conteúdo. No Grupo de Peritos fazia parte a Professora Maria João Bebianno, Professora Catedrática da Universidade do Algarve e Diretora do Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA). Colaboraram com o Grupo de Peritos centenas de cientistas de diferentes especialidades, de todo o mundo ,de entre os quais 14 portugueses de diferentes universidades, centros de investigação nacionais e administração pública.

Lista-se abaixo os diferentes capítulos em que a Professora Maria João Bebianno teve uma participação mais direta quer como Lead-Member quer como Co-Lead Member:

Maria João Bebianno, Hilconida Calumpong, Sanae Chiba, Karen Evans, Carlos Garcia-Soto, Osman Keh Kamara, Enrique Marschoff, Essam Yassin Mohammed, Henn Ojaveer, Chul Park, Ylenia Randrianarisoa, Renison Ruwa, Jörn Schmidt, Alan Simcock, Anastasia Strati, Joshua T. Tuhumwire, Ca Thanh Vu, Juying Wang and Tymon Zielinski (Group of Experts of the Regular Process for Global Reporting and Assessment of the State of the Marine Environment, including Socioeconomic Aspects), 2021. Overall summary. The Second World Ocean Assessment, Volume I, Chapter 1, United Nations Publications, 3-36.

Maria João Bebianno, Hilconida Calumpong, Sanae Chiba, Karen Evans, Carlos Garcia-Soto, Osman Keh Kamara, Enrique Marschoff, Essam Yassin Mohammed, Henn Ojaveer, Chul Park, Ylenia Randrianarisoa, Renison Ruwa, Jörn Schmidt, Alan Simcock, Anastasia Strati, Joshua T. Tuhumwire, Ca Thanh Vu, Juying Wang and Tymon Zielinski (Group of Experts of the Regular Process for Global Reporting and Assessment of the State of the Marine Environment, including Socioeconomic Aspects), 2021.Approach to the assessment, , The Second World Ocean Assessment, Volume I, Chapter 2, United Nations Publications, 39-46.

Thomas Malone (convener), Archis Ambulker, Maria João Bebianno (co-lead member), Paula Bontempi, Michael Krom, Harri Kuosa, Joseph Montoya, Alice Newton, Yapo Ossey, João Sarkis Yunes, Walker Smith, Lars Sonesten, Georgios Sylaios, Juying Wang (lead member) and Kedong Yin, 2021. Changes in nutrient inputs to the marine environment. The Second World Ocean Assessment, Volume II, Chapter 10 United Nations Publications, 77-100.

Ralf Ebinghous (convener: pharmaceuticals and personal care products), Bjørn Einar Grøsvik (convener: hydrocarbons), Ida-Maja Hassellöv (convener: ships), Colin F. Moffat (convevner: persistent organic pollutants), Alan Simcock (convener: radioactivity; and co-lead member), Lars Sonesten (convener: atmospheric inputs), Penny Vlahos (convener: metals), Eric P. Achterberg, Babajide Alo, Robin Anderson, Carlos Francisco Andrade, Michael Angelidis, Maria João Bebianno (lead member), Arsonina Bera, Nene Bi Trace Boniface, Miguel Caetano, Isabel Natalia Garcia Arevalo, Kissao Gnandi, Julio Esteban Guerra Massón, Gi Hoon Hong, Suk Hyun Kim, Rainer Lohmann, Kida Rose Ninsemon, Jae Ryoung Oh, Bing Qiao, Monika Stankiewicz, Joshua T. Tuhumwire (co-lead member), Juying Wang (co-lead member) and Judith Weis, 2021. Changes in liquid and atmospheric inputs to the marine environment from land (including through groundwater), ships and offshore installation. The Second World Ocean Assessment, Volume II, Chapter 11, United Nations Publications, 101-150.

François Galgani (convener: marine debris) and Aleke Stöfen-O’Brien (convener: dumping), Archis Ambulkar, Maurizio Azzaro, Maria João Bebianno (lead member), Joan Bondareff, Huw Griffiths, Martin Hassellov, Christos Ioakeimidis, Jenna Jambeck, Paula Keener, Fernanda de Oliveira Lana, Iryna Makarenko, Chelsea Rochman, Qamar Schuyler, Paula Sobral, Ca Thanh Vu (co-lead member), Konstantinos Topouzelis, Dick Vethaak, Penny Vlahos, Juying Wang (co-lead member) and Judith Weis. Changes in inputs and distribution of solid waste, other than dredged material, in the marine environment, The Second World Ocean Assessment, Volume II, Chapter 12, United Nations Publications, 151-184.

James R. Hein (joint convener), Pedro Madureira (joint convener), Maria João Bebianno (co-lead member), Ana Colaço, Giorgio de la Torre, Paraskevi Nomikou, Luis M. Pinheiro, Richard Roth, Pradeep Singh, Anastasia Strati (co-lead member) and Joshua T. Tuhumwire (lead member), 2021. Changes in seabed mining, The Second World Ocean Assessment, Volume II, Chapter 18, United Nations Publications, 257-280.

Stress no Oceano. De abordagens multidisciplinares à investigação transdisciplinar.

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL CIMA 11 – 12 novembro 2019

Stress no Oceano. De abordagens multidisciplinares à investigação transdisciplinar.

Maria João Bebianno participated as a member of the Expert Group for the Evaluation of the Ocean State, last September

Maria João Bebianno, currently a member of the Expert Group for the Evaluation of the Ocean State, including socio-economic aspects of the United Nations known as the Regular Process, participated in Valletta, Malta. Professor Maria João attended a Workshop on the North Atlantic, the Baltic Sea, the Mediterranean Sea and the Black Sea region, organized by the Government of Malta. The purpose of this workshop was to discuss the structure of the second State of the Ocean Assessment, as well as to identify the most internationally qualified experts from these regions to integrate this assessment into the different thematic areas on the Ocean.

According to the mandate of the United Nations, this evaluation should be completed by the end of 2020. During the Workshop, Professor Maria João Bebianno was mandated to make several interventions, one of which was to inform participants of the results of the Workshop on the Atlantic Ocean held at the Lisbon Oceanarium the previous year.

Directed the Working Group corresponding to Chapter 11 on changes in the introduction of the marine environment from land (including through groundwater), through effluents and atmosphere, from ships and offshore installations of:

(a) persistent organic pollutants (including the use of agricultural pesticides);

(b) metals;

(c) radioactive substances (including natural radioactive material);

(d) Personal hygiene products, pharmaceuticals and nutraceuticals;

(e) Atmospheric pollutants (NOx (but not in its role as a nutrient) and SOx);

2ºRelatório do Estado do Oceano

No âmbito do Processo Regular, as Nações Unidas estão a realizar uma séries através da WEb sobre “Fortalecendo a interface ciência-política para a sustentabilidade do oceano” . O primeiro webinar foi realizado em 1º de março como o primeiro resultado da campanha de lançamento do WOA II coordenado por Fabien Cousteau, está agora disponível no site do Processo Regular e no link.

Novos episódios da série na web serão lançados semanalmente. Fique ligado!

Informamos  ainda que o lançamento do WOA II está previsto para o final deste mês - fique ligado ao nosso site para mais informações!

 
Twitter - https://twitter.com/sustdev/status/1375130363505348611?s=21
Facebook - https://www.facebook.com/215269391821386/posts/4316175381730746/?d=n

Twitter - https://twitter.com/SustDev/status/1377244293744754699?s=20
Facebook - https://fb.watch/4AtYHfg37b/

Encontro de Ciência 2019

Encontro de Ciência 2019

No primeiro dia do Encontro Ciência 2019, a investigadora do CIMA, Tainá Fonseca, apresentou na forma de comunicação oral o tema "Fármacos anticancerígenos no ambiente marinho: Uma poluição invisível", com exposição da problemática ambiental referente à contaminação e elevada toxicidade causada por essa classe terapêutica em ecossistemas costeiros, dada a sua libertação em corpos d´água após a administração destes medicamentos e sua remoção incompleta por tecnologias convencionais aplicadas nas estações de tratamento de águas residuais.

No segundo dia da conferência, a equipa do CIMA, representada por Mauro Figueiredo, Tainá Fonseca e o estudante de doutoramento Luciano de Oliveira Jr., marcaram presença com a instalação de demonstrações das atividades de I&D realizadas no centro, com destaque para a exposição do projeto Milage Aprender +, suportado por tecnologias de informação e comunicação, o qual visa estender o ambiente de aprendizagem da sala de aula tradicional para uma sala de aula virtual, num sistema de aprendizagem misto que combina aulas presenciais com aulas online.

Maria João Bebianno, Cristina Veiga-Pires e Maria Inês Gameiro presidiram algumas sessões nomeadamente Proteger a Vida Marinha e Paz, Justiça e Instituições Eficazes.

 

 

Tainá Fonseca e Luciano Júnior no minuto 1:00

https://www.youtube.com/watch?v=ywGt0ZldKbM

Cima participated in the 5th Edition of Conferences of Hydrographic Engineering

CIMA participated in the 5th edition of Conferences of Hydrographic Engineering 2018 organized by the Hydrographic Institute that was realized from 19 to 21 June. CIMA’s coordinator Maria João Bebianno was a member of Scientific Commission and was moderator of the Chemical Oceanography Session.

Incident Command System | WorkShop Online 04-05 March 2021

Incident Command System | WorkShop Online 04-05 March 2021

1a3f017c-71ef-44cd-957b-97c5fbf2ebc7.png

Dear Sir/Mme,
 
The University of Algarve, the Centre for Marine and Environmental Research and Ambipar Response are pleased to inform you that due to the success of the first edition, we are launching the second edition of the online workshopIncident Command System, which will take place 04th - 05th March 2021, from 16:00 to 18:00 (Lisbon time, GMT+0).
 
This workshop is jointly hosted by the project CIU3A (University Innovation Centre Andaluzia, Alentejo and Algarve) and the company Ambipar Response (United Kingdom), which has more than seventy years of experience in emergency management preparedness and response spectrum at a strategic, tactical, and operational level, responding to major hazard events such as oil spills and chemical incidents.
 
The Incident Command System (ICS) is a standardized, all-risk incident management concept, recognized worldwide as the international model to manage emergency situations. The course is of an in-class nature with interactive sessions that assist in the learning process. It gives an overview of the incident management process, highlighting how ICS principles can be applied in incidents. The course emphasizes the benefits of following a recognised process when managing a major incident.
 
This workshop will be held in English, it is free and limited for 40 participants.
 
Check the program and register your interest HERE!
 

Please feel free to contact Maria Mayrinck (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.) if you require additional information.
  

Kind regards,
Incident Command System Online Workshop Team

EurOcean 2019

EurOcean 2019

"The researcher from CIMA, Tainá Fonseca, was selected as one of the 10 best submissions of scientific posters, with her research entitled  “Toxic effects of anticancer pharmaceuticals in the marine environment: An invisible pollution”. She defended it with a 1-minute pitch presentation at the EurOCEAN 2019 Conference (11-12 June 2019), at the plenary of UNESCO headquarters in Paris.

EurOCEAN Conferences are major European marine science policy conferences. They provide a forum for the marine and maritime research community and wider stakeholders to interface with European and Member State policymakers and strategic planners, to consider, discuss and respond to new marine science and technology developments, challenges and opportunities.

At EurOCEAN 2019, the European Marine Board launched its flagship publication "Navigating the Future V". Navigating the Future V describes what marine science will look like in the future (2030 and beyond) and what are the needs to achieve this future. NFV will provide robust, independent scientific advice and expert opinion and be of increasing importance to societal wellbeing in decades to come."

 

Photos by: Damian Cook, European Marine Board.

Cima is on "Ciência 2018" with many interesting themes

CIMA participates actively with different themes on the meeting “Ciência 2018”, organized by Foundation to Science Technology and  (FCT) in collaboration with Nationatinal Agency of Scientific Culture and Parliament Commission of Education and Science and the institutional support of Minister of Science, Technology and Higher Education. This meeting has the base of the schedule 2030 of the United Nations Organization and the 17 Objectives of Sustainable Development (OSD) and it includes debates about many strategic challenges associated to OSD goals and about science and innovation that’s realized in Portugal.

Strengthening the Science-Policy Interface for Ocean Sustainability

In these challenging times of the COVID-19 pandemic, we are reminded of the importance of the ocean for the health of the people and the planet, and the significant benefits it provides which are critical to sustainable development. However, the ocean and its ecosystems continue to face unprecedented challenges, including impacts by multiple and cumulative pressures from human activities as well as changing dynamics fueled by climate change, leading to the continued deterioration of the health of the ocean. 

Addressing such challenges calls for the strengthening of science-policy interface, aimed at increasing the scientific understanding of the ocean and the challenges it faces, while also ensuring responsive ocean policies and actions that are informed by the best available science. 

The United Nations Division for Ocean Affairs and the Law of the Sea in cooperation with the Intergovernmental Oceanographic Commission of UNESCO invite you to join the webinar:
 

Strengthening the Science-Policy Interface for Ocean Sustainability
1st March 2021
09:00am - 11:00am (EST)


The objective of this webinar is to raise awareness of the importance of the science-policy interface for ocean governance at all levels, showcase links between the science-policy interface and society including ocean users, and reinforce the understanding of the role of citizen science, as well as traditional, indigenous and local knowledge in strengthening the science-policy interface. 


The webinar will be open to all who pre-register through thispre-register through this link. 

MORE INFORMATION:
https://www.un.org/regularprocess/spiwebinar

 

 

 

ICCS 2019 - MARINECOMP “Marine Computing in the Interconnected World for the Benefit of Society”

ICCS 2019 - MARINECOMP “Marine Computing in the Interconnected World for the Benefit of Society”

Os Investigadores Flávio Martins e João Janeiro organizaram o workshop MARINECOMP “Marine Computing in the Interconnected World for the Benefit of Society”, parte da conferência internacional ICCS 2019 que está a decorrer de 12 a 14 de junho de 2019 na Universidade do Algarve. O ICCS é uma conferência “classe A”, de elevada reputação internacional com dezanove anos de existência, tendo atraído mais de 350 investigadores de todo o mundo ao Algarve para debater o futuro da computação no mundo interligado dos nossos dias. O painel MARINECOMP discute aplicações de vanguarda na utilização de métodos numéricos para fornecer conhecimento do ambiente marinho à sociedade. Mais informações em https://fmartins241.wixsite.com/iccs2019-marinecomp

European Parliament in Brussels

The European Parliament in Brussels, represented by Ricardo Serrão organized a workshop integrated on the initiative AZORES

2º Relatório do Estado do Oceano | Nações Unidas

As Nações Unidas aprovam no final de 2020, na reunião da Assembleia Geral, o 2º Relatório do Estado do Oceano, onde se identificam problemas e soluções da evolução do estado do ambiente marinho a partir de 2015.

Para a elaboração do referido relatório participaram 25 Peritos nomeados pelas Nações Unidas dos quais se destaca a Professora Maria João Bebianno, até à data a única Portuguesa a integrar um grupo desta natureza a nível das Nações Unidas. Participaram ainda no capítulo sobre o impacto das alterações da introdução de nutrientes no meio marinho a Professora Alice Newton também do CIMA e na parte sobre o ruído no oceano o Professor Sérgio de Jesus da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade do Algarve.

Este segundo relatório inclui uma avaliação das alterações que ocorreram no oceano desde a elaboração do 1º relatório, contribuindo diretamente para que possam vir a ser alcançados os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2020-2030 das Nações Unidas, e indicando ainda temas relevantes para os objetivos societais da Década para a Ciência dos Oceanos das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, incluindo uma importante contribuição para Limpar o Oceano, proteger os ecossistemas marinhos, conhecer o oceano para que seja possível um desenvolvimento sustentável, promover a segurança do oceano, explorar de uma forma sustentável o oceano para fins alimentares e o seu uso económico sustentável.

Com a aprovação recente pela EEA Grants no âmbito da Literacia do Oceano do projeto GLOBOCEAN, o CIMA prevê, com a colaboração da United By de Sea, elaborar vídeos infográficos que irão traduzir as importantes conclusões deste relatório para gestores e decisores.

Congresso sobre Respostas de Poluentes em Organismos Marinhos - PRIMO

20º Congresso sobre Respostas de Poluentes em Organismos Marinhos - PRIMO

Maria João Bebianno e Ana Rita Rodrigues participaram no 20º Congresso sobre Respostas de Poluentes em Organismos Marinhos conhecido pela sigla PRIMO.

A memorial conference in honour of Professor Mário Ruivo

The University of Algarve (UAlg) and the Centre of Marine and Environmental Research (CIMA) organised a International Conference "Sustainable Development of the Oceans: A Useful Utopia: A Useful Utopia" in honour of Professor Mario Ruivo,  last 14th and 15th of November (Green auditorium, University of Algarve). The objective was "to evoke the contribution of this marine biologist, an honorary doctor of UAlg, for the development of marine sciences and technologies, with notable impacts at national and international levels."
The initiative also had the support of the EurOcean Office and the following research centres: CIIMAR (University of Porto), CESAM (University of Aveiro) and MARE (several Portuguese universities).

 

Incident Command System

Incident Command System | WorkShop Online

O Centro de Investigação Marinha e Ambiental organizou nos passados dias 29 e 30 de outubro, em parceria com a empresa Ambipar Response do Reino Unido, um Workshop Online sobre o sistema de gestão de incidentes ICS - Incident Command System, com especial foco em gestão de incidentes envolvendo derrames de hidrocarbonetos no mar. Esta atividade foi desenvolvida no âmbito do projeto CIU3A - Centro de Inovação Universitário de Andaluzia, Alentejo y Algarve. O evento foi um sucesso com mais de 150 inscrições provenientes de todo o mundo, para um curso limitado a 30 pessoas. Dado ao elevado interesse por esta formação, está a ser preparada uma nova edição online no primeiro trimestre de 2021, assim como uma formação certificada ICS 300 a realizar de forma presencial na Universidade do Algarve no verão de 2021 (se as condições o permitirem)

4th European Climate Change Adaptation conference

4th European Climate Change Adaptation conference

As Investigadores Delminda Moura e Cristina Veiga-Pires participaram na "4th European Climate Change Adaptation conference"

O CIMA é financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) através da referência UIDP/00350/2020, com sede no Campus Universitário de Gambelas, Edifício 7,  8005-139 FARO PORTUGAL. Tel: 351 289 244 434, 351 289 800 100; E-mail: cima@ualg.pt (+ info)
Image
Image
Image
Image
O CIMA é financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) através da referência UIDP/00350/2020, com sede no Campus Universitário de Gambelas, Edifício 7,  8005-139 FARO PORTUGAL. Tel: 351 289 244 434, 351 289 800 100; E-mail: cima@ualg.pt
Image